Sábado, 28 de Fevereiro de 2009
Convocados para a deslocação ao Dragão

 

 

ESTE SÁBADO HÁ CLÁSSICO NO PORTO
Duelo entre lisboetas e portistas

Paulo Bento convocou todos os jogadores à disposição para a partida frente ao FC Porto, a contar para a 20.ª jornada da Liga Sagres. Rui Patrício, Hélder Postiga e Miguel Veloso ficam de fora, todos eles afastados devido a lesão. Vukcevic é a mais recente baixa dos verde-e-brancos, após lhe ter sido diagnosticada uma gripe, e, por isso, não se deslocará à cidade invicta.

LISTA DE CONVOCADOS:
Guarda-redes: Tiago e Ricardo Baptista;
Defesas: Polga, Tonel, Daniel Carriço, Pedro Silva, Marco Caneira, Ronny, Abel e Grimi;
Médios: Adrien Silva, Pereirinha, Rochemback, João Moutinho, Izmailov e Romagnoli;
Avançados: Liedson, Rodrigo Tiuí, Yannick Djaló e Derlei.

O FC Porto recebe a equipa leonina, este sábado, a partir das 20:30, num jogo que será arbitrado por João Ferreira e transmitido em directo e exclusivo na Sport TV1.

 

FORÇA SPORTING!



publicado por Catarina às 17:51
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009
Alemães vergam Sporting com goleada

 

 

SPORTING 0 - 5 BAYERN DE MUNIQUE
Esperanças destruídas em noite de pesadelo

Competição: Liga dos Campeões (1ª mão dos 1/8 de final)
Local: Estádio José Alvalade, Lisboa
Árbitro: Bertrand Layec (França)
SPORTING: Tiago; Abel, Tonel, Polga e Caneira; Rochemback, João Moutinho, Izmailov e Romagnoli; Derlei e Liedson.
Suplentes utilizados: Vukcevic, Pereirinha e Yannick Djaló.
Suplentes não utilizados: Ricardo Batista, Pedro Silva, Daniel Carriço e Grimi.
Treinador: Paulo Bento.
Bayern de Munique: Rensing; Oddo, Lúcio, Demichellis e Lahm; Van Bommel, Zé Roberto, Schweinsteiger, Ribéry , Klose e Luca Toni.
Suplentes utilizados: Van Buyten, Altintop e Lell.
Treinador: Jurgen Klinsmann
Golos: Ribéry (42', 62'), Klose (56'), Luca Toni (84', 90')

Vivendo novas emoções, fruto de uma presença inédita nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, o Sporting arrancava para esta eliminatória com a expectativa de reunir argumentos que lhe permitissem combater o peso dos desfechos negativos nos confrontos com equipas germânicas. Lançou-se atrás da história na esperança de somar a primeira vitória ao cabo de 15 jogos europeus, mas, apesar de até ter criado boas expectativas nos minutos iniciais, acabou depois por somar erros atrás de erros - alguns dos quais ridículos e risíveis -, também consequência do facto de disputar um encontro desta grandeza entre dois clássicos determinantes na perseguição do principal objectivo da temporada. Nalguns momentos, até pelas opções assumidas por Paulo Bento na composição do onze, sobressaiu a ideia de que parte da cabeça dos jogadores já estava mais preocupada com o jogo de sábado, ante o FC Porto, do que com a missão de superar o "favorito" Bayern. Resultado: foram atropelados por um adversário movido pela energia e pelo talento que corre nas veias de Ribéry e Zé Roberto, os principais motores do campeão da Alemanha… de quem se dizia que estava em crise! O estrondo foi tão grande que o leão, esfolado até ao osso, virou do avesso a perspectiva de cometimento, encaixando a maior humilhação - leia-se derrota - de sempre nas competições da UEFA! Afinal, foi só mais uma noite negra. Sim, porque desta feita até Derlei, que era o talismã leonino na Champions, se "mudou" para o outro lado da trincheira, pois foi uma perda de bola do Ninja, a meio campo, que originou a cavalgada de… Ribéry para o primeiro dos cinco golos da formação bávara. Uma descarga de gelo, a três minutos do período de intervalo, que caiu muito mal aos leões.
No lançamento da partida, Paulo Bento disse que o Sporting iria tentar criar uma ilusão. Parecerá estranho a quem se detiver apenas nos contornos do resultado final, mas, parcialmente, esse objectivo foi conseguido. Durante o primeiro quarto de hora, o Sporting pôs alguma intensidade, embora sem forçar a nota, nas acções de ataque. Gerindo a bola entre os elementos mais dotados tecnicamente - os da linha média -, teve no pé direito de Polga, aos 12', após canto de Rochemback, a melhor oportunidade de golo - evitado por Lahm sobre a linha de baliza -, e depois foi estendendo o domínio e o controlo do jogo. Todavia, cometeu a imprudência de acreditar que, perante um opositor mais posicional do que agressivo sem bola, seria possível transformar os lances desenvolvidos pelos corredores laterais em pontos de partida para golos. Um equívoco do tamanho das torres Lúcio e Demichelis, simplesmente inultrapassáveis nas discussões pelo ar. Havia vontade de investir, mas faltava calma para tentar diferentes soluções, a rasgar, pelo meio. A passividade na primeira zona defensiva do Bayern foi mal aproveitada, porque nem Rochemback nem nenhum dos outros médios teve inspiração e força para desestabilizar. E, nesta fase, o Sporting necessitava de ter pelo menos um elemento rápido e esclarecido para romper e criar desequilíbrios com a bola à flor da relva. Só no segundo tempo, e já depois de o Bayern elevar a diferença para dois golos, é que Paulo Bento atirou para a arena os mais velozes - Vukcevic, Pereirinha e Yannick Djaló. Era tarde, pois a equipa, em termos exibicionais, estava em curva descendente há muito, desde que Ribéry lhe aplicara o primeiro golpe, atestando a eficiência dos ataques rápidos.
A necessidade de gerir a condição física dos jogadores num ciclo competitivo exigente levou o treinador leonino a mudar 75 por cento do quarteto defensivo. Ao devolver Tonel, Abel e Caneira à titularidade, Paulo Bento tencionava dar mais altura e experiência à retaguarda, mas essa aposta saiu furada. É certo que a derrocada teve início numa deficiente transição de Derlei, mas não é menos verdade que a linha recuada não se entendeu face ao poderio atlético de Luca Toni e Klose, que tantas vezes atormentaram também Rochemback, outro leão que se deu mal com as bolas pelo ar… e depois ficou ligado ao 0-3, por ter cometido, escusadamente, grande penalidade sobre Lahm. Mas aí já o desespero falava mais alto num colectivo que se foi abaixo e se entregou assim que apanhou o primeiro soco. Cá dentro, será preciso muito mais para o Sporting (tentar) ser campeão!

 

(Crónica: Jornal O Jogo)


AVALIAÇÕES DA IMPRENSA
O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

:: O médio Miguel Veloso não foi opção para esta partida devido a lesão.



publicado por Catarina às 17:35
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009
Ambição para continuar a fazer história

 

 

SPORTING RECEBE BAYERN DE MUNIQUE

Paulo Bento sublinha vontade de vencer gigantes alemães

 

Hoje há noite histórica em Alvalade. Os leões defrontam a equipa comandada por Klinsmann numa partida referente à primeira mão dos oitavos-de-final da Champions League que marcará a estreia absoluta dos sportinguistas nesta fase da competição.

Apesar de entregar aos alemães o favoritismo para este encontro, o técnico dos verde-e-brancos garante que os seus pupilos querem "desfrutar o jogo" e que, para o fazer, é imperativo conseguir a vitória. Lembrando a evolução do Sporting na Liga Milionária, Paulo Bento assegura ainda que os leões estão "mais maduros" e que têm todas as razões para "encarar esta eliminatória com "optimismo".

Para este encontro são 20 os eleitos do treinador português. Os destaques vão para os regressos de Tiuí e Ronny. Em relação à última convocatóriaapenas o avançado Postiga ficou de fora, depois da lesão contraída frente ao Benfica. Ausentes continuam ainda Adrien Silva, Rui Patrício e Miguel Veloso, todos a contas com problemas físicos.

 

LISTA DE CONVOCADOS:

Guarda-redes: Tiago e Ricardo Batista.
Defesas: Daniel Carriço, Anderson Polga, Pedro Silva, Marco Caneira,  Tonel, Grimi, Ronny e Abel.
Médios: Izmailov, Vukcevic, Pereirinha, Rochemback, João Moutinho e Romagnoli.
Avançados: Derlei, Yannick, Rodrigo Tiuí e Liedson.

 

O pontapé de saída está marcado para as 19.45h e a partida terá transmissão em directo e exclusivo na Sport TV1.

 

FORÇA SPORTING!



publicado por Catarina às 17:16
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009
Veloso reintegrado sob vigilância médica

 

 

LESÃO QUE O AFASTOU DOS ÚLTIMOS TREINOS ESTÁ ULTRAPASSADA
Médio leonino deverá estar apto para o jogo com o FC Porto

O último treino do Sporting antes do jogo com o Bayern Munique ficou marcado pela integração de Miguel Veloso sem limitações. O médio, que foi na segunda-feira dado como inapto para o jogo desta quarta-feira frente aos alemães, surgiu hoje na ficha de treino como apto, tendo trabalhado sem limitações, apesar de ainda sob vigilância médica.
Assim, Miguel Veloso deve estar em condições de ser opção para Paulo Bento no jogo de sábado frente ao FC Porto.

 

(Fonte: Record Online)



publicado por Catarina às 17:12
link do post | comentar | favorito

Domingo, 22 de Fevereiro de 2009
Leões foram reis do derby

 

 

SPORTING VENCE BENFICA E ASCENDE AO 3º LUGAR
Liedson voltou a ser o carrasco dos encarnados

Competição: Liga Sagres (19ª Jornada)
Local: Estádio José Alvalade, Lisboa
Árbitro: Olegário Benquerença
SPORTING: Tiago; Pedro Silva, Daniel Carriço, Polga e Grimi; Rochemback, Izmailov (Tonel 90'+2'), Vukcevic (Pereirinha 74') e João Moutinho; Liedson e Postiga (Derlei 27').
Suplentes não utilizados: Ricardo Batista, Caneira, Romagnoli e Yannick Djaló.
Treinador: Paulo Bento.
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Polga (36'), Derlei (48') e Rochemback (67').
Golos: Liedson (11' e 83') e Derlei (48')
Benfica: Moreira; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei e David Luiz; Katsouranis, Yebda (Di María 58') e Rúben Amorim (Nuno Gomes 79'); Reyes, Aimar e Suazo (Cardozo 65').
Suplentes não utilizados: Quim, Miguel Vítor, Binya e Carlos Martins.
Treinador: Quique Flores.
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Yebda (8'), Aimar (44'), Rúben Amorim (61'), Reyes (76') e Sidnei (77').
Golos: Reyes (37', g.p.) e Cardozo (90')

Por histórico familiar, Quique Flores deve saber de touradas. Ontem, no dérbi de Lisboa, pode ter percebido bem a diferença entre a lide à portuguesa e a que se faz em Espanha. Na primeira parte, o Sporting toureou à lusitana: entrou forte, marcou cedo, mas não matou o touro, permitindo que o Benfica se reorganizasse e chegasse a um merecido empate. Na segunda, porém, o leão não parou de ameaçar Moreira enquanto não lhe deu a estocada final: o cabeceamento de Liedson que, a sete minutos do fim, lhe permitia bisar e colocava o resultado num 3-1 que a equipa de Paulo Bento mais do que justificava, tantas ocasiões de golo falhara antes disso. Cardozo ainda reduziu para o lisonjeiro 3-2 final, mas não a tempo de o Benfica tirar algo do jogo.
Num momento em que, ao Sporting se impunha uma demonstração de qualidade, para mostrar que pode entrar nas contas da luta pelo título, os leões responderam presente e mantiveram a expectativa para a visita ao Dragão. A exibição protagonizada pela equipa na segunda parte foi de tal forma perfeita que nesses 45 minutos fez dois golos, falhou pelo menos mais duas ocasiões claríssimas de ampliar a margem e quase não permitiu que o Benfica se aproximasse da área de Tiago: o primeiro remate dos "encarnados" nesse período surgiu apenas aos 88 minutos. São tão difíceis de perceber as razões pelas quais o Sporting não jogou assim na primeira parte como as que levaram o Benfica a destruir um primeiro tempo interessante com uns segundos 45 minutos de completa desorganização e desinspiração.
O jogo começou com os onzes previsíveis de parte a parte, embora com o leonino mais próximo de um 4x1x3x2 do que do losango a meio-campo. Resultou? Na segunda parte, sim. Na primeira não, apesar da entrada promissora, que deu frutos no golaço de Liedson. O Benfica, porém, soube reorganizar-se e, beneficiando da timidez do meio-campo leonino, tomou conta do jogo. Ameaçou em bolas paradas, onde impunha a estatura dos seus jogadores, e marcou mesmo, de penálti, por Reyes.
No intervalo terá estado o segredo da vitória leonina, pois a equipa regressou com uma disposição diferente. Marcou logo aos 48' por Derlei, mas desta vez não descansou em cima da vantagem: manteve a intensidade, deu rédea solta a Vukcevic e João Moutinho que, com Liedson e Derlei, iam desbaratando a lenta defensiva encarnada. O 3-1, que Liedson e Pereirinha quase conseguiram, aos 55' e aos 75', apareceu mesmo numa combinação dos dois, aos 83'. Nessa altura, já o Benfica jogava com Cardozo em vez de Suazo, Nuno Gomes e Aimar nas suas costas e Di María e Reyes nas alas. Chegou para o paraguaio reduzir, num golpe de cabeça a mostrar quão incompreensíveis são as razões que levam a que fique sempre no banco. E só a classificação final da Liga nos dirá quão importante pode ter sido este golo, que dá ao Benfica a vantagem no confronto directo entre os dois emblemas.

AVALIAÇÕES DA IMPRENSA

O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

:: O médio Miguel Veloso não foi opção para esta partida em virtude das queixas dolorosas que o afastaram da preparação da equipa.



publicado por Catarina às 16:38
link do post | comentar | favorito

Sábado, 21 de Fevereiro de 2009
Convocados para o derby de Lisboa

 

 

GRANDES LISBOETAS DEFRONTAM-SE EM ALVALADE

Sporting procura aproximar-se do primeiro lugar

 

O Sporting recebe este sábado o eterno rival Benfica numa partida referente à 19ª jornada da Liga Sagres. Depois da reviravolta conseguida ante o Belenenses no passado fim-de-semana, os leões procuram mais três pontos diante dos encarnados na luta pelos primeiros lugares do tabela classificativa.

O técnico sportinguista Paulo Bento reconheceu que este é "um jogo muito complicado", frente a um adversário "de qualidade, organizado e que neste momento nos leva três pontos de vantagem", além de ir "jogar numa condição que é favorável, porque tem mais do que um resultado que lhe pode servir". O treinador garantiu, no entanto, que os leões vão encarar o desafio com "coragem" e "optimismo" e que estão bem preparados para o duelo que se avizinha.

A lista de convocados para este importante encontro conta com 19 nomes. Destaque para as ausências de Rui Patrício, Adrien e Miguel Veloso (todos por lesão) e para os regressos dos laterais Abel e Grimi. Ronny e Tiuí ficam de fora por opção técnica.

 

LISTA DE CONVOCADOS:

Guarda-redes: Tiago e Ricardo Batista.
Defesas: Daniel Carriço, Polga, Pedro Silva, Caneira, Grimi, Abel e Tonel.
Médios: Izmailov, Vukcevic, Pereirinha, Rochemback, Moutinho e Romagnoli.
Avançados: Derlei, Yannick Djaló, Liedson e Postiga.

 

FORÇA, SPORTING!



publicado por Catarina às 18:14
link do post | comentar | favorito

Miguel Veloso falha derby por lesão

 

 

MAIS UMA DOR DE CABEÇA PARA PAULO BENTO

Veloso ausente da preparação da equipa devido a problemas musculares

 

O médio Miguel Veloso é baixa de última hora no Sporting para o grande derby deste Sábado frente aos eternos rivais de Lisboa, num momento em que voltara à titularidade na lateral-esquerda da equipa de Paulo Bento. O internacional português foi afastado por uma mialgia na coxa esquerda que o impediu de participar na preparação normal da equipa para este jogo, alternando entre trabalho condicionado no relvado e trabalho de ginásio.

Veloso foi submetido a avaliação médica e a exames complementares que, de acordo com o boletim clínico dos leões, não acusaram "qualquer lesão preocupante" mas em virtude da "sintomatologia dolorosa"  apresentada durante a semana está impossibilitado de competir e de dar o seu contributo neste importante duelo lisboeta.

Ainda de acordo com informações fornecidas pelo site oficial do Sporting, o jovem jogador "será reavaliado antes do treino do próximo domingo de manhã a fim de ajuizar a eventual aptidão para treino".

 

FORÇA, MIGUEL!



publicado por Catarina às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009
Reviravolta vale 3 pontos no Restelo

 

NA CORDA BAMBA

Vukcevic e Postiga reanimam Sporting nos últimos minutos

 

Foi por um triz! O Sporting venceu, no Restelo, o Belenenses numa rara reviravolta, mas durante largos minutos parecia disposto a deitar por terra qualquer aspiração a uma credível candidatura ao título nacional. Valeu uma vez mais aos leões a estrelinha de Vukcevic, que apontou o primeiro golo e ofereceu o segundo a Hélder Postiga.
A verdadeira história do jogo começa a desenrolar-se na segunda parte, uma vez que o primeiro tempo se resume a uma série de ocasiões perdidas pelos visitantes, ante um Belenenses tolhido pela surpreendente opção de Jaime Pacheco: dispostos num anacrónico 5x4x1 em que Rodrigo Arroz servia de líbero, atrás dos centrais - o experiente Ávalos e o muito trapalhão Carciano -, os anfitriões procuravam apenas, e sem sucesso, manietar as movimentações ofensivas de um Sporting que, pela primeira vez em 96 jogos, se via privado de João Moutinho e recorria ao 4x4x2 clássico que serve de alternativa ao conhecido losango para suprir a ausência do capitão. O intervalo chegou, portanto, com algum alívio para os azuis e uma sensação de injustiça para os verdes e brancos, mas as coisas mudaram com o reatar da partida.
Jaime Pacheco abandonou o sistema que claramente não beneficiava a sua equipa, fazendo entrar o avançado Marcelo para o lugar de Arroz, e beneficiou quase de imediato de uma alteração que baralhou o adversário: aproveitando um cruzamento/remate de Saulo, o avançado brasileiro marcou e encostou o leão às cordas.
Foi a partir deste momento que os sportinguistas temeram, e com razão, pelo futuro da sua equipa na luta pelo grande objectivo da temporada, a conquista do ceptro de campeão. É que os leões se mostravam incapazes de reagir à desvantagem, acumulavam ansiedade e desespero, uns, e esbanjavam displicência, outros - inaceitável, a título de exemplo, a forma como Miguel Veloso abdicou de ajudar Polga no lance do tento de Marcelo. Em pleno ciclo infernal, no qual a equipa tinha conquistado apenas dois dos nove pontos em disputa na Liga, a uma semana de receber o Benfica e a duas de visitar o FC Porto, perder no Restelo seria pouco menos que deitar a toalha ao chão, mas nem assim, entre os 52 e os 74 minutos, a urgência do momento atingiu a formação verde e branca. Porém, quando parecia impossível encontrar uma solução para a crise, a classe de Vukcevic e a aposta de Paulo Bento em Hélder Postiga, que acabara de render um Derlei à beira do descontrolo, providenciaram a salvação: aos 75', o cruzamento/remate do primeiro permitiu o empate ao segundo que, quatro minutos volvidos, devolveu o favor com uma assistência sublime, transformada numa vitória sofrida, mas indispensável.
Refira-se que, apesar do período de desnorte leonino, o resultado é absolutamente justo, tantas foram as oportunidades desperdiçadas pelos homens de Alvalade. Jaime Pacheco, por seu turno, deve estar arrependido de ter concedido 45 minutos de avanço a um adversário a quem podia ter feito a vida ainda mais... negra.

 

(Crónica: O Jogo)

 

AVALIAÇÕES DA IMPRENSA

O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

 

:: Inadmissível a forma como foi a trote atrás de Saulo na jogada que deu o golo contrário: lento, mal posicionado e sem atitude a contrapor a acção do adversário. A propensão ofensiva foi um ponto positivo, mas o campo não é inclinado.  ( O Jogo )



publicado por Catarina às 22:04
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009
Derrota caseira frente aos minhotos

 

 

EQUIPA DE JORGE JESUS LEVA 3 PONTOS DE ALVALADE

Leões sofrem duro golpe na luta pelo título

 

A prova está aí e ficou ontem à vista de todos: em condições normais, sem influências de factores externos, o Sp. Braga pode bater-se com os grandes. Em Alvalade, mostrando mais agressividade e organização do que o Sporting, a equipa de Jorge Jesus ganhou com naturalidade por 3-2 e podia mesmo ter conseguido um resultado mais amplo. É verdade que beneficiou de um jogo desastrado de alguns dos elementos leoninos - Rochemback acima de todos - mas bem pode enaltecer-se a acção de uma equipa que na primeira parte impediu o Sporting de jogar, tão perfeita foi a sua organização, e que na segunda começou por suportar o ímpeto dos da casa para depois os aniquilar com dois golos em três minutos.
O segredo deste Braga é simples de detectar mas complicado de pôr em prática: chama-se jogo posicional. Sem bola e com ela. Por alguma razão é a equipa que menos remates permite aos adversários na Liga (7,8 até ao jogo de ontem). A formação de Jesus começou a pressionar alto, a dificultar as variações de flanco ao adversário, ameaçando-o com recuperações de bola, e obrigando-o a sair em passes longos, impedindo os médios leoninos de entrarem no jogo. Por isso, nos primeiros 45', só por uma vez o Sporting visou a baliza de Eduardo: fê-lo João Moutinho, aos 29', mas contra Moisés. Por essa altura já Renteria se isolara na cara de Rui Patrício, vendo o guardião leonino negar-lhe o golo com uma boa mancha.
Era evidente que o Sporting precisava de mais profundidade nos corredores laterais e de dinâmica a meio-campo, onde Rochemback se demitia da organização ofensiva e Pereirinha nem entrava no jogo. Paulo Bento resolveu o primeiro problema com a entrada de Veloso para a esquerda, mas deixou o segundo em "stand-by". E ainda que o Sporting tenha aparecido melhor, só de livre ameaçou Eduardo. Foi por isso o Braga quem marcou, por Meyong, num canto em que os seus atacantes ganharam três ressaltos seguidos na área. Parecia um golo de Playstation... com um jogador pouco experiente aos comandos da equipa que defendia.
O jogo entrou então num período frenético, com quatro golos nos últimos 20'. O Sporting ainda chegou ao empate, por Derlei, mas não construiu nada em cima dele, porque os bracarenses abrandaram o ritmo de jogo, circulando a bola, e aniquilaram o adversário com dois golos em que mais uma vez ficaram à mostra as fragilidades defensivas leoninas (no terceiro repetiu-se a sucessão de bolas divididas ganhas na área).
O desalento leonino era tal que muitos adeptos já nem viram Izmailov reduzir para 2-3. Estariam a consolar-se com o empate do Dragão, que apesar de tudo deixa a equipa a apenas mais um ponto dos dois rivais.

(Crónica: O Jogo)

 

 

AVALIAÇÕES DA IMPRENSA

O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

 

:: Reapareceu seguro na equipa após o caso no mercado de inverno. Surgiu na etapa final como lateral-esquerdo, sendo autor do passe para Derlei fabricar o empate. O público não ficou indiferente ao satisfatório desempenho do 24 num desafio que lhe foi aziago.  (O Jogo)



publicado por Catarina às 16:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 7 de Fevereiro de 2009
Convocados para a recepção ao Sp. Braga


 

PUPILOS DE BENTO NA LUTA POR MAIS TRÊS PONTOS

Bracarenses são os adversários que se seguem

 

O Sporting recebe este Domingo, em Alvalade, o Sporting de Braga, num jogo referente à 17ª jornada da Liga Sagres. Os "leões" procuram, depois da goleada sobre o FC Porto que os colocou na final da Taça da Liga, reencontrar o caminho das vitórias no campeonato, rumo ao tão ambicionado título de campeões nacionais.

Depois de ter estado afastado dos relvados cerca de três semanas devido a lesão e já superada a polémica gerada pela ausência no treino da passada segunda-feira, Miguel Veloso regressou aos convocados de Paulo Bento. O médio é, assim, a principal nota de destaque nos eleitos do técnico leonino para o embate com os minhotos. Abel e Ronny são as outras novidades de uma lista composta por 20 elementos e que não conta com Grimi, que tinha sido titular frente ao FC Porto.

 

LISTA DE CONVOCADOS:

Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago;
Defesas: Daniel Carriço, Polga, Pedro Silva, Caneira, Tonel, Ronny e Abel;
Médios: Miguel Veloso, Pererinha, Adrien, Izmailov, Vukcevic, Rochemback, Moutinho e Romagnoli;
Avançados: Derlei, Hélder Postiga e Rodrigo Tiuí.

 

O pontapé de saída desta importante partida está marcado para as 19.00h de amanhã e terá transmissão em directo na RTP1 e na Sport TV.

 

FORÇA SPORTING!

(Força Miguel!)



publicado por Catarina às 16:13
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito


Bem-vindo (a)! Este é um blog dedicado ao jovem médio do Sporting e da Selecção Nacional Miguel Veloso, que visa trazer as mais diversas informações acerca do jogador e do seu trabalho, além de, obviamente, homenageá-lo e demonstrar-lhe o nosso apoio, pelo que não tem qualquer ligação oficial com o jogador ou o Sporting Clube de Portugal.
O blog é mantido por mim, Catarina Ferreira, desde Abril de 2007 e está em constante actualização. Obrigada pela visita. :) Dúvidas, sugestões ou críticas? Envia-nos um e-mail.



Nome: Miguel Luís Pinto Veloso
D. Nascimento:
11/05/1986
Idade: 23 anos
Nacionalidade:
Portuguesa
Naturalidade:
Coimbra
Altura:
1,80 cm
Peso:
79 kg
Clube Actual:
Sporting Clube de Portugal
Nº da Camisola:
24
Posição:
Médio-defensivo
Clubes Anteriores:
SL Benfica, CAC Pontinha, Olivais e Moscavide
Internacionalizações sub-21:
13
Internacionalizações AA:
5
Total de internacionalizações: 69


SPORTING x Olhanense
Competição:Liga Sagres (5ª Jornada)
Data: 21/09/2009
Hora: 20.10h
Local: Estádio José Alvalade, Lisboa
Transmissão: Sport TV


FC Porto x SPORTING
Competição: Liga Sagres (6ª Jornada)
Data: 26/09/2009
Hora:19.15h
Local:Estádio do Dragão, Porto
Transmissão: r Sport TV



COMPETIÇÕES NACIONAIS


Campeonato Nacional da 2ª Divisão B Zona Sul
Época: 2005/06
Clube: Olivais e Moscavide


Taça de Portugal
Época: 2006/07
Clube: Sporting Clube de Portugal


Supertaça Cândido de Oliveira
Época: 2007/08
Clube: Sporting Clube de Portugal


Taça de Portugal
Época: 2007/08
Clube: Sporting Clube de Portugal

INTERNACIONAIS


Campeonato da Europa Sub-17
Ano: 2003
País anfitrião: Portugal


Clica aqui para visitar o nosso canal de vídeos, onde podes encontrar os golos, os lances, as declarações e os momentos mais marcantes do Miguel ao serviço do Sporting e das Selecções Nacionais.


Sporting x Boavista
11.05.2008
Estádio José Alvalade
Faixa exibida no jogo Sporting x Boavista, no dia em que Miguel Veloso completou 22 anos - uma data que não podia deixar de ser assinalada. A imprensa desportiva, nomeadamente os jornais Record (clica para ver) e O Jogo (clica para ver) deram destaque a este gesto nas edições do dia seguinte. (Clica aqui para ampliar)

Se gostavas que o teu blog/site figurasse nesta lista, envia-nos um e-mail! :)

Sporting Clube de Portugal
. Site Oficial
. Portal Sporting XXI
. Sporting 100
. Leão da Estrela
. Sporting PlanetaPortugal.com

Futebol
. Fed. Portuguesa de Futebol
. SJPF
. LP de Futebol Profissional
. UEFA

Parceiros
. Leandro Romagnoli Online
.
Gema D'Arte
. O Treinador de Bancada
. Bancada Sul
. Izmailov7
. Ruben Amorim
. Di María 20
. Simão Sabrosa
. Bónus Apostas
. Leão Rampante

Imprensa Desportiva
. Jornal "Record"
. Jornal "A Bola"
. Jornal "O Jogo"
. MaisFutebol
. Desporto10

Vê aqui os posts mais antigos:
. Abril 2007
. Maio 2007
. Junho 2007
. Julho 2007
. Agosto 2007
. Setembro 2007
. Outubro 2007
. Novembro 2007
. Dezembro 2007
. Janeiro 2008
. Fevereiro 2008
. Março 2008
. Abril 2008
. Maio 2008
. Junho 2008
. Julho 2008
. Agosto 2008
. Outubro 2008
.
Novembro 2008
.
Dezembro 2008
. Janeiro 2009
. Fevereiro 2009
. Março 2009
. Abril 2009
. Maio 2009
. Agosto 2009




Número de visitas
(desde 3 de Setembro de 2007)