Terça-feira, 29 de Abril de 2008
Miguel Veloso, Yannick e Patrício pelos animais




JOGADORES DO SPORTING APADRINHAM ASSOCIAÇÃO
Leões unem-se a esta causa no âmbito do projecto "Sporting Solidário"

Miguel Veloso, Yannick Djaló e Rui Patrício são os embaixadores da UPPA - União para a Protecção dos Animais. Esta é uma associação fundada em 2007, sem fins lucrativos, que tem como principais objectivos a protecção e defesa dos direitos dos animais.
Todos os rendimentos da UPPA resultam das quotas dos sócios e de doações e são, integralmente, aplicados na recolha, tratamento veterinário, alimentação e condução de processos de animais abandonados e desfavorecidos. A grande meta da associação é a criação de um albergue com clínica de atendimento para os animais carenciados.
Os três jogadores do Sporting e o clube de Alvalade uniram-se a esta causa e, à semelhança do que aconteceu no jogo do passado fim-de-semana frente ao Marítimo, a UPPA estará presente no Estádio José Alvalade, no âmbito do projecto "Sporting Solidário", dia 11 de Maio, no jogo frente ao Boavista, à espera da colaboração de todos os sócios e adeptos.
Para tornar este projecto uma realidade, a UPPA conta com o apoio de todos nós!

COMO CONTACTAR A UPPA

E-mail: uppa2007@gmail.com
Telefone: 931 634 084 / 918 362 981

JUNTA-TE A ESTA CAUSA!



publicado por Catarina às 21:07
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sporting vence Marítimo e regressa ao 2º lugar




SPORTING 2 - 1 MARÍTIMO
Leões vencem Marítimo e estão mais perto da Champions

Competição: BWin Liga (28ª jornada)
Estádio: José Alvalade, Lisboa
Árbitro: Lucílio Baptista (Setúbal)
Sporting: Rui Patrício; Abel, Tonel, Polga, Grimi, Miguel Veloso, Izmailov, Romagnoli, João Moutinho, Yannick Djaló (Tiuí, 45 m (Simon Vukcevic, 61 m)) e Liedson (Gladstone, 90 m).
Treinador: Paulo Bento.
Suplentes não utilizados: Tiago; Ronny, Farnerud e Pereirinha.
Disciplina: Cartão amarelo para Grimi (29 m) e Miguel Veloso (70 m).
Golos: Romagnoli (19, g.p., e 53 m).
Marítimo: Marcos; Ricardo Esteves (Ediglê, 90+2 m), Gregory, Van der Linden, Evaldo, Bruno, Olberdam, Mossoró (Anderson, 33 m), João Luíz, Fábio Felício (André Pinto, 73 m) e Bruno Fogaça.
Treinador: Sebastião Lazaroni.
Suplentes não utilizados: Marcelo Boeck, João Guilherme, Briguel e Marcinho.
Disciplina: Cartão amarelo para Gregory (20 m), Ricardo Esteves (44 m) e Fábio Felício (51 m).
Golo: Bruno Fogaça (2 m).

O Sporting chegou ao segundo lugar da liga portuguesa, após um triunfo difícil sobre o Marítimo, por 2-1.
Os «leões» com tudo para alcançar uma vitória tranquila, tiveram de dar a volta ao “texto”, depois de um erro defensivo, num desentendimento entre Polga e Rui Patrício, com Fogaça a aproveitar para adiantar a formação insular no marcador.
Com um golo sofrido a frio, o hara-kiri esteve perto de acontecer em Alvalade, mas, no ressurgimento de Romagnoli – voltou à titularidade para o lugar de Vukcevic – o Sporting conseguiu superar um Marítimo, que pouco fez para sonhar com um lugar europeu.
Na noite da mulher sportinguista – e foram muitas que estiveram em Alvalade a apoiar a equipa – a equipa de Paulo Bento demorou a recompor-se do golo insular, mas viria a chegar ao empate, depois de um penalty de Gregory sobre Romagnoli, que o argentino transformou com êxito. O Marítimo começou a recuar no terreno muito cedo, dando todo o espaço ao meio campo «leonino» para pensar o seu jogo. Miguel Veloso ia sobressaindo nas transições e criou uma das melhores situações da primeira parte, “descobrindo” Djaló, que atirou ao lado da baliza de Marcos.
O Marítimo veio com a lição estudada e tentava surpreender através das bolas paradas (Bruno) e foi conseguindo estancar o jogo ofensivo dos «leões» até à lesão de Mossoró, Perto da meia hora, os «leões» empregaram maior velocidade e, com tabelas sucessivas pelos flancos, criaram duas boas situações para chegar ao 2-1 por intermédio de Abel e Romagnoli.
Na segunda parte, Paulo Bento trocou de avançado, colocando Tiuí no lugar de Yannick Djaló, mas o brasileiro viria a sair tocado pouco depois, cedendo o lugar a Vukcevic. O Sporting entrou determinado em virar o rumo dos acontecimentos e viria a beneficiar de um golo “caricato” a meias entre Ricardo Esteves e Romagnoli, que o escorregão de Marcos não conseguiu evitar. A partir daí, os «leões» controlaram a partida, com Izmailov e Romagnoli a pegarem no jogo, mas o Marítimo continuou a colocar em sentido a defensiva do Sporting nos lances de bola parada.




AVALIAÇÕES DA IMPRENSA
O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

Até a sorte sorriu quando viu jogar Miguel Veloso
Encheu o meio-campo com futebol simples e bonito. Compensou sempre bem os companheiros e não nos lembramos de ver um passe errado de Miguel Veloso ontem à noite. Mas é fácil recordar o passe de primeira para Yannick se isolar aos 23 minutos, o passe genial que colocou Izmailov na cara do golo aos 30 ou ainda mais uma abertura fantástica para Moutinho (38). Caiu um pouco no segundo tempo. Mas só um bocadinho.   :: A Bola (eleito "Melhor em campo")

Miguel Veloso (4)
De volta às boas exibições, resistiu à falsa partida do seu conjunto, cotando-se como o dínamo da equipa, especialmente na primeira parte. Importante a forma como estancou as vagas de ataque madeirenses à entrada do seu meio-campo, pondo ordem na casa, comandou as transições ofensivas graças ao seu esmero no passe e à forma como ainda assumiu o risco nas tentativas de meia-distância. Determinante.     :: O Jogo

Miguel Veloso (4)
Classe pura. Fartou-se de fazer aberturas "de morte", em especial na primeira parte.   :: 24 Horas





DECLARAÇÕES NO FINAL DO JOGO
Miguel Veloso reforça o desejo de segurar o segundo lugar

«Todas as equipas que vêm jogar contra o Sporting tentam colocar-nos dificuldades. Fomos infelizes no primeiro golo, sofrendo-o logo no primeiro minuto, mas mostrámos que somos uma grande equipa, porque não é fácil recuperar animicamente. Já conseguimos três dos nove pontos que queríamos, faltam seis. Em Leiria fomos infelizes, em Paços vai ser mais um jogo difícil como todos são, mas vamos querer ganhar».


Fonte: MaisFutebol



publicado por Catarina às 20:42
link do post | comentar | favorito

Sábado, 26 de Abril de 2008
Convocados para a recepção ao Marítimo




SPORTING NA LUTA PELO SEGUNDO LUGAR

O Sporting recebe amanhã, em Alvalade, o Marítimo, em jogo a contar para a 28ª jornada do campeonato. Com o final da Liga à porta, os "leões" continuam na luta pelo segundo lugar que dará acesso aos milhões da Champions League.
Os objectivos estão bem traçados e, para este encontro, Paulo Bento convocou dezoito jogadores. O técnico leonino optou por deixar de fora Adrien, Pedro Silva e Stojkovic não podendo, igualmente, contar com Derlei, devido a castigo. De regresso aos eleitos estão os defesas Ronny e Gladstone.

LISTA DE CONVOCADOS:
Guarda-redes: Tiago e Rui Patrício.
Defesas: Abel, Gladstone, Polga, Ronny, Tonel e Grimi.
Médios: Farnerud, Miguel Veloso, Pereirinha, Moutinho, Romagnoli, Simon Vukcevic e Izmailov.
Avançados: Tiuí, Yannick Djaló e Liedson.

O Sporting x Marítimo tem início marcado para as 20h30 deste Domingo e será transmitido em directo pela Sport TV1.


publicado por Catarina às 23:40
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Abril de 2008
Um pesadelo chamado... Leiria




UNIÃO DE LEIRIA 4 - 1 SPORTING
Último classificado da Liga humilha leões em Leiria

Competição: BWin Liga (27ª jornada)
Estádio: Municipal Dr. Magalhães Pessoa, Leiria
Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco)
U. Leiria: Fernando, Éder, Bruno Miguel, Éder Gaúcho, Patrick; Tiago, Cadú, Harison (Lukasiewicz, 77 m), NGal, Paulo César (Alhandra, 90 m) e Sougou
Treinador: Vítor Oliveira
Não utilizados: Rafael Fava, Nélson, Laranjeiro e Toñito
Disciplina: Cartão amarelo a Bruno Miguel (60 m) e Éder Gaúcho (69 m), Cartão vermelho a Sougou (74 m).
Golos: Paulo César (14 e 18 m), NGal (83 m) e Cadu (90 m)
Sporting: Rui Patrício, Abel (Pereirinha, 58 m), Tonel, Polga, Grimi (Derlei, 45 m), Miguel Veloso, João Moutinho, Izmailov (Romagnoli, 76 m), Vukcevic, Yannick Djaló e Liedson
Treinador: Paulo Bento
Suplentes: Tiago, Pedro Silva, Adrien Silva e Tiuí
Disciplina: Cartão vermelho a Derlei (88 m)
Golos: Liedson (85 m)

Na deslocação a Leiria, o Sporting não conseguiu aproveitar o empate do Guimarães, em Coimbra, sofrendo uma derrota por 4-1 – um resultado construído nos primeiros 20 minutos da primeira parte e nos últimos 10 minutos da etapa complementar.
Com o regresso de Polga à titularidade, Miguel Veloso regressou ao meio campo «leonino», Romagnoli ficou no banco e Izmailov entrou de início no encontro com a União de Leiria.
Os «leões» entraram algo apáticos em campo, dando o centro do terreno à equipa da casa, o que fez com que a União de Leiria fosse a formação que mais perigo criou nos minutos iniciais. Paulo César, aos 14 e 18 minutos, não desperdiçou as únicas oportunidades criadas e pôs a União de Leiria em vantagem, ao contrário do que se esperava para esta partida. O Sporting, a partir da meia-hora mostrou-se mais ofensivo, o que fez com que criasse algumas oportunidades, enquanto que a equipa da casa apostava no contra-ataque. Sem que o resultado sofresse alteração, a partida chegou ao intervalo.
A etapa complementar, já com Derlei a substituir Grimi – recuando Miguel Veloso para defesa esquerdo – iniciou-se com um remate de Miguel Veloso, que só não deu em golo, porque o poste da baliza de Fernando lhe negou o tento. Balanceados no ataque e já com Pereirinha no lugar de Abel, o Sporting acabou por abrir brechas na defesa, o que fez com que a equipa da casa chegasse aos três golos sem resposta. Liedson, aos 68 minutos, viu o poste da baliza da Leiria a negar-lhe mais uma vez o golo. Os «leões» procuraram a reviravolta a todo o custo, mas não mostraram a frieza necessária para a finalização. Aos 82 minutos, Yannick viu o árbitro anular-lhe um golo por fora de jogo e foi Liedson que reduziu a desvantagem já nos minutos finais. A equipa da casa, no entanto ainda conseguiu chegar ao quarto golo.
Na próxima jornada, o Sporting recebe, no Estádio José Alvalade, o Marítimo.





AVALIAÇÕES DA IMPRENSA
O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

Miguel Veloso (1)
A incapacidade que revelou para estancar os contra-ataques adversários e preencher os espaços no corredor central foi fatal. Exemplo disso é o lance do segundo golo do Leiria, quando, perdido no terreno, limitou-se a acompanhar com o olhar enquanto o seu espaço era invadido pelo oponente. Melhorou como lateral-esquerdo, no segundo tempo, sendo seu o passe para o golo de Liedson. Ainda assim, teve nas tentativas de remate o aspecto mais positivo: assustou Fernando aos 31', 41' e 51'.    :: O Jogo


publicado por Catarina às 21:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 20 de Abril de 2008
Convocados para o jogo com a U. Leiria




SPORTING NA LUTA PELA LIGA DOS CAMPEÕES

O Sporting desloca-se, este Domingo, ao reduto da União de Leiria com o objectivo claro de vencer, já que três pontos colocarão os "leões" no segundo lugar da classificação, à frente dos rivais V. Guimarães e Benfica.
Para este jogo, o técnico Paulo Bento poderá já contar com o brasileiro Anderson Polga, recuperado de lesão. Por outro lado, Ronny, castigado, não entra nas contas do treinador leonino, à semelhança de Gladstone, Purovic e Celsinho.
Com o regresso de Polga, Miguel Veloso deverá regressar ao seu lugar no sector mais recuado do meio-campo depois de ter sido central no «derby» contra o Benfica.

LISTA DE CONVOCADOS:
Guarda-redes: Tiago e Rui Patrício
Defesas: Abel, Pedro Silva, Polga, Tonel e Grimi.
Médios: Adrien, Miguel Veloso, Farnerud, Pereirinha, Moutinho, Romagnoli, Simon Vukcevic e Izmailov.
Avançados: Tiuí, Yannick, Derlei e Liedson

O encontro entre U. Leiria e Sporting está marcado para as 19h15 e é transmitido, em directo e exclusivo, na TVI.


publicado por Catarina às 13:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 18 de Abril de 2008
Noite louca em Alvalade leva Sporting ao Jamor




SPORTING 5 - 3 BENFICA
Resultado histórico coloca "leões" na final da Taça

Competição: Taça de Portugal (Meia-Final)
Árbitro: Jorge Sousa (AF Porto)
Árbitros Auxiliares: Bertino Miranda e José Melo
Sporting:
Rui Patrício; Abel, Tonel, Miguel Veloso e Leandro Grimi; Adrien Silva (Marat Izmailov, 32 m), João Moutinho, Simon Vukcevic e Leandro Romagnoli (Derlei, 61 m); Yannick Djaló (Gladstone, 87 m) e Liedson
Treinador: Paulo Bento
Suplentes não utilizados: Tiago, Pedro Silva, Rodrigo Tiuí e Bruno Pereirinha.
Disciplina: cartão amarelo a João Moutinho (70 m)
Golos: Yannick Djaló (66 m), Liedson (76 m), Derlei (79 m), Yannick Djaló (85 m) e Vukcevic (90 m).
Benfica: Quim, Nelson, Luisão, Katsouranis e Leo; Petit (Cardozo, 84 m), Maxi Pereira, Cristian Rodriguez, Di Maria (Sepsi, 64 m) e Rui Costa; Nuno Gomes.
Treinador: Chalana.
Suplentes não utilizados: Butt, Luís Filipe, Edcarlos, Mantorras e Bynia.
Disciplina: cartões amarelos a Di Maria (9 m), Luisão (55 m), Cristian Rodriguez (57 m) e Maxi Pereira (86 m).
Golos: Rui Costa (19 m), Nuno Gomes (30 m) e Cristian Rodriguez (82 m).

O Estádio José Alvalade viveu uma das noites mais emocionantes da sua curta história, com o Sporting a dar a reviravolta de 0-2 ao intervalo para os 5-3 com que garantiu a presença no Estádio do Jamor. Yannick, por duas vezes, Derlei, Liedson e Vukcevic deixaram as bancadas perto do êxtase.
A paixão pelo futebol alimenta-se destes jogos. A rivalidade entre estes dois emblemas também, com os sportinguistas a renovarem os seus votos de amor ao Clube nos gestos técnicos vitoriosos de Yannick, por duas vezes, Derlei, Liedson e Vukcevic. Numa noite épica, os perto de 40 mil espectadores que estiveram em Alvalade garantiram o direito de contar este jogo aos seus netos de uma forma apaixonada, porque estes noventa minutos vão directamente para a galeria dos Sporting-Benfica mais inolvidáveis destes quase 100 anos de confrontos.
Com Miguel Veloso a defesa-central – por impedimento físico de Polga e de Gladstone – Adrien Silva ocupou o vértice inferior do losango da equipa de Paulo Bento, que encontrou um opositor amontoado em 4x5x1, em mais uma edição das tácticas defensivas em Alvalade, já que, como os resultados este ano no Estádio da Luz tão bem exemplificam, esta é uma equipa que se comporta como as ditas «pequenas», revelando enormes dificuldades em assumir – como uma equipa grande o deve fazer – o jogo e atacar seja em que palco for.
O Sporting começou melhor, com duas oportunidades de golo, por Liedson (3 m) e Tonel (6 m), mas foi o Benfica, por Rui Costa (20 m) a inaugurar o marcador, seguindo-se, depois, um teste à paciência «verde e branca», na circulação de bola pelos corredores em busca de espaços para materializar a igualdade. Porém, na segunda incursão encarnada à área de Rui Patrício, o Benfica voltou a marcar, num cabeceamento de Nuno Gomes (30 m), aumentando ainda mais o grau de dificuldade para os «verdes e brancos», bem como a injustiça no resultado, «cheirando a Taça» no final dos 45 minutos.
O Sporting voltou dos balneários com crença e atitude, «alugando o seu meio-campo», já que a bola por nunca lá passava. João Moutinho rematou à barra (60 minutos) no início da «remontada» - com Izmailov e Derlei em campo nos lugares de ADrien Silva e de Romagnoli – em que Alvalade sempre acreditou: Yannick Djaló (68 m), Liedson (76 m), Derlei (79 m), Yannick Djaló (85 m) e Vukcevic (90 m) trouxeram justiça à uma equipa que actuou, nos últimos 45 minutos, a grande velocidade e merecendo, de forma inequívoca, a passagem à final do Jamor, onde vai encontrar o FC Porto.





AVALIAÇÕES DA IMPRENSA
O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

Miguel Veloso (2,5)
Sem rotinas de central, fez falta mais à frente e foi acusando o natural desenraizamento das funções - primeiro batido em velocidade por Di María, depois no posicionamento pelo 20 argentino no lance do primeiro golo e na oposição a Rui Costa no lance do segundo. A qualidade de passe é um valor inegável do 24 e subiu de rendimento... e no terreno com o decorrer do jogo. Fez assistência primorosa para Vukcevic fazer um 5-3 monumental.   :: O Jogo

Miguel Veloso (3)
No regresso à posição de central viveu noite exigente, sobretudo pela velocidade de Di María que foi determinante na primeira parte. Depois do intervalo reencontrou-se, foi subindo no terreno (excelente passe para o golo de Vukcevic) e acabou ao nível daquilo a que nos tem habituado.    :: Record





DECLARAÇÕES NO FINAL DO JOGO
Miguel Veloso era o espelho da satisfação leonina após noite histórica

De sorriso rasgado no rosto, Miguel Veloso era o espelho da satisfação. Antes de abandonar o Estádio de Alvalade o médio, que frente ao Benfica jogou na defesa, fez a seguinte análise da goleada ao Benfica (5-3), que garantiu a presença na final da Taça de Portugal:
«O sentimento é de muita alegria. As coisas na primeira parte não correram como desejávamos. O mister ao intervalo disse o que tínhamos de fazer melhor e conseguimos dar a volta ao jogo.»
Qual o significado da comemoração especial com Yannick?
«Para além de colega é um grande amigo e fico feliz quando marca golos.»
Como se sentiu a central?
«Senti-me bem. O mais importante é a equipa. Agora vamos pensar nos próximos jogos.»

PARA MAIS TARDE RECORDAR
Revê os melhores momentos da goleada sobre o Benfica

Para ver as imagens mais marcantes da partida, clica aqui.
Para ver de novo os 90 minutos que decidiram a passagem do Sporting à final da Taça, clica aqui.



publicado por Catarina às 22:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 16 de Abril de 2008
Convocados para as meias-finais da Taça



SEGUNDO ENCONTRO DAS MEIAS-FINAIS JOGA-SE ESTA QUARTA-FEIRA
FC Porto conhece hoje o adversário que defrontará no Jamor

Sporting e Benfica discutem, esta noite, um lugar na final da Taça de Portugal, em Alvalade. Os "leões" assumem que a vitória é, obviamente, o único resultado desejado e que, caso sejam eliminados e não consigam chegar ao mítico Estádio do Jamor, a época só poderá ser considerada negativa.
Para este encontro decisivo, Paulo Bento convocou 21 jogadores. As notas de destaque vão para a ausência de Ronny, castigado e para o regresso de Derlei, já recuperado da lesão prolongada e das duas operações a que foi submetido. Grimi está também de volta e pode ser opção para o técnico leonino.

LISTA DE CONVOCADOS
Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago;
Defesas: Pedro Silva, Tonel, Grimi, Gladstone e Abel;
Médios: Miguel Veloso, Adrien Silva, Izmailov, Pereirinha, João Moutinho, Romagnoli, Celsinho e Vukcevic;
Avançados: Purovic, Derlei, Yannick, Tiuí e Liedson.

O «derby» de Lisboa tem início marcado para as 20h30 e será transmitido em directo e exclusivo pela SIC.


publicado por Catarina às 19:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 14 de Abril de 2008
Leão já vê os milhões




SPORTING 2 - 0 LEIXÕES
Equipa de Paulo Bento vence homens de Matosinhos e ascende ao terceiro lugar

Competição: BWin Liga (26ª jornada)
Estádio: José Alvalade, Lisboa
Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa)
Auxiliares: Pedro Garcia e José Lima
Sporting, 2: Rui Patrício; Abel, Tonel, Gladstone, Ronny, Miguel Veloso, Izmailov (Pedro Silva, 84 m), João Moutinho, Farnerud (Bruno Pereirinha, 45 m) (Adrien Silva, 70 m), Liedson e Yannick Djaló.
Treinador: Paulo Bento.
Suplentes não utilizados: Tiago, Rodrigo Tiuí, Romagnoli e Celsinho.
Disciplina: cartões amarelos a Ronny (56 e 68 m). Cartão vermelho a Ronny (68 m). Golos: Tonel (51 m), Liedson (58 m).
Leixões, 0: Jorge Baptista, Filipe Oliveira, Nuno Diogo, Joel (João Moreira, 71 m), Ezequias (Diogo Valente, 61 m), Bruno China, Nuno Silva, Paulo Machado, Hugo Morais, Jorge Gonçalves (Nwoko, 79 m) e Roberto.
Treinador: António Pinto.
Suplentes não utilizados: Beto, Elvis, Pedro Cervantes e Nuno Amaro.
Disciplina: cartões amarelos a Nuno Silva (19 m), Ezequias (25 m), Bruno China (41 m) e Joel (50 m).

O Sporting subiu ao terceiro lugar do campeonato graças à vitória sobre o Leixões (2-0), num jogo em que Ronny assistiu os cabeceamentos vitoriosos de Tonel (51 m) e de Liedson (58 m) e foi expulso aos 68 minutos.
Frente a um adversário que caíra nos lugares de despromoção – após a vitória do Paços de ferreira no terreno do Nacional – Paulo Bento escolheu Ronny e Gladstone para ocupar os lugares dos lesionados Grimi e Polga, num «onze» que voltou a contar com Farnerud no meio-campo e com Yannick ao lado de Liedson.
O Sporting sentiu dificuldades em imprimir um ritmo elevado na partida, perante um adversário que recolhia junto da sua defensiva para, com a bola, utilizar a velocidade de Jorge Gonçalves e de Filipe Oliveira no corredor direito para tentar surpreender Rui Patrício, que foi chamado a intervir por um par de vezes. O golo de Liedson (37 m) invalidado por fora-de-jogo marcou o início do melhor período colectivo dos 45 minutos iniciais, com Yannick (41 m) a aparecer solto na área, mas não conseguiu o remate, e por Veloso, a rematar rente ao poste após um livre lateral.
No regresso dos balneários, Farnerud deu o seu lugar a Bruno Pereirinha – que sairia aos 70 minutos para o lugar de Adrien Silva, na sequência da expulsão de Ronny e respectivo reorganização colectiva em 4x4x1 – com o Sporting a resolver o jogo antes dos 60 minutos, através de dois pontapés de canto transformados por Ronny que tiveram a melhor sequência nos cabeceamento de Tonel, ao primeiro poste (51 m) e de Liedson (58 m) ao segundo poste.
Com menos um elemento a 20 minutos do apito final, o Sporting recuou e o Leixões acercou-se com mais perigo da baliza «leonina», porém sem conseguir reentrar na discussão pelos pontos, enquanto que o Sporting poderia ter junto mais golos ao resultado final, quando Adrien apareceu isolado frente a Jorge Baptista (77 m) e após uma jogada de Liedson que viu a sua assistência para Yannick (88 m) ser interceptado no momento em que o jovem avançado se movimentava para finalizar com sucesso.

Crónica: Site Oficial do Sporting




AVALIAÇÕES DA IMPRENSA
O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

Miguel Veloso, três em um
Frente ao Leixões, Miguel Veloso foi obrigado a trabalho extra. O camisola 24 começou na habitual posição no meio-campo e foi de lá que fez duas excelentes aberturas para Yannick. Segurou bem a bola, abriu jogo e arrumou a casa quando Ronny borrou a pintura com a expulsão. Quer na defesa, quer no meio-campo, Miguel Veloso teve um bom desempenho, sempre à altura das exigências do jogo.      :: Destaques MaisFutebol

Miguel Veloso (3)
Por duas vezes (45' e 64') deixou Yannick Djaló isolado à custa de passes soberbos que deixaram nas covas todo o sector defensivo do Leixões. Soube pautar o jogo e demonstrou enorme capacidade de entrega, ganhando vários duelos ante os médios leixonenses. A fechar a primeira parte esteve perto de inaugurar o marcador, com um remate de primeira, com o pé esquerdo, que passou muito perto do poste da baliza de Jorge Baptista.    :: O Jogo

Miguel Veloso (3)
Pau para toda a obra. Foi trinco, também foi lateral, mas acabou no meio.    :: 24 Horas


publicado por Catarina às 13:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 12 de Abril de 2008
Paulo Bento chama 18 para jogo com o Leixões




LEÕES RECEBEM O LEIXÕES

Sporting e Leixões medem forças, amanhã, no Estádio José de Alvalade, num encontro referente à 26ª jornada da BWin Liga. Os "leões" lutam agora pelo acesso à Liga dos Campeões e depois da pesada derrota do Benfica, no seu estádio, frente à Académica, os leões encaram este jogo com uma motivação acrescida, mas também uma maior responsabilidade: uma vitória é preponderante para a equipa leonina, que se pode assim aproximar do 2º lugar, pertença agora do Vit. Guimarães. Para o encontro de amanhã, Paulo Bento chamou 18 jogadores. Polga, Grimi e Vukcevic são as principais ausências da convocatória, os dois primeiros devido a lesão e o montenegrino devido a castigo. Celsinho e Pedro Silva regressam após ausência por opção.
O jogo tem hora marcada para as 19h15 e é transmitido em directo e exclusivo pela TVI.

LISTA DE CONVOCADOS:
Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago;
Defesas: Abel, Pedro Silva, Tonel, Gladstone e Ronny;
Médios: Adrien, Miguel Veloso, Pereirinha, Farnerud, João Moutinho, Izmailov, Romagnoli e Celsinho;
Avançados:  Liedson, Yannick Djaló e Tiuí.


publicado por Catarina às 22:26
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Abril de 2008
Derrota caseira afasta Sporting da UEFA




SPORTING 0 - 2 GLASGOW RANGERS
Derrota caseira afasta o Sporting das meias finais da UEFA

Competição: Taça UEFA (Quartos-de-final)
Estádio: José de Alvalade, Lisboa
Árbitro: Konrad Plautz (Áustria)
Árbitros assistentes: Egon Bereuter e Markus Mayr.
GLASGOW RANGERS: McGregor; Broadfoot, Cuellar, Dailly, Papac, Hemdani, Thomson, Davis, Ferguson, McCulloch (Whittaker, 77 m) e Darcheville (Davis, 71 m).
Treinador: Walter Smith.
Suplentes não utilizados: Alexander; Boyd, Nacho Novo, Burke e Naismith.
Disciplina: Cartão amarelo para Thomson (48 m), Broadfoot (58 m) e McCulloch (69 m), Ferguson (81 m) e Papac (84 m).
Golos:
Darcheville (60 m) e Whittaker (90 m).
SPORTING: Rui Patrício; Abel, Tonel, Gladstone (Pereirinha, 69 m), Grimi (Tiuí, 76 m), Miguel Veloso, João Moutinho, Izmailov (Yannick Djaló, 61 m), Romagnoli, Simon Vukcevic e Liedson.
Treinador: Paulo Bento.
Suplentes não utilizados: Tiago; Adrien Silva, Ronny e Farnerud.
Disciplina: Nada a assinalar.

O Sporting foi afastado da Taça UEFA com uma derrota em Alvalade diante do Glasgow Rangers. Era preciso paciência e frieza para eliminar o vice-campeão escocês, mas o Sporting acabou por ficar refém de si próprio na eliminatória, depois do golo do francês Darcheville.

Na estrutura «leonina», Gladstone foi o escolhido para fazer dupla com Tonel, enquanto no ataque, Simon Vukcevic voltou a ser o companheiro de Liedson. O Rangers, veio a Alvalade sem o central Weir – tal como o Sporting que não pode contar com Polga – mas não abdicou dos cinco elementos de meio campo, privilegiando a contenção e abdicando do futebol directo.

A formação de Walter Smith pegou na arma dos «leões», a posse de bola, obrigando o Sporting a correr atrás do esférico desde muito cedo. Depois de alguma precipitação na construção ofensiva – sem criar situações de rotura na defensiva contrária – os «leões» lá conseguiram imprimir mais velocidade no encontro. Darcheville ainda assustou, mas, aos poucos, e com maior pressão sobre a bola, o Sporting serenou o jogo e dispôs da primeira grande oportunidade para se adiantar na eliminatória. Liedson “acertou” no poste da baliza de McGregor, na sequência de um livre directo, gorando-se aí a melhor ocasião do primeiro tempo. O flanco esquerdo dos «leões» era o mais produtivo – com Grimi a assumir-se nos lançamentos para as costas da defesa escocesa – enervando o Rangers com maior disponibilidade nas bolas divididas. Moutinho e Vukcevic ameaçaram com dois remates cruzados, num sinal inequívoco da superioridade «leonina» a fechar a etapa inicial.

O Sporting entrou para a segunda parte transfigurado para melhor, acentuando a pressão sobre a defesa escocesa, mas viria a deitar tudo a perder num erro, que precipitou um contra-ataque rapidíssimo finalizado por Darcheville. Com meia hora para jogar, Paulo Bento colocou Djaló (Izmailov) em campo, arriscando tudo com as entradas de Pereirinha (Gladstone) e Tiuí (Grimi). Contudo, o Rangers, muito confiante depois do golo, fechou-se na retaguarda, deixando o Sporting com uma tarefa “gigantesca” para inverter o resultado. Refém de si próprio, o «leão» ainda tentou reagir, mas a sorte nunca esteve do lado da formação de Paulo Bento. O Sporting porfiou e teve chances para igualar (as melhores criadas por Djaló e Tonel), só que ao «leão» faltou sempre maior discernimento para poder sonhar mais alto. No último minuto, Whittaker acentuou ainda mais a derrota do Sporting, com uma cavalgada que só parou no fundo das redes da baliza.





AVALIAÇÕES DA IMPRENSA
O que dizem os jornais sobre a prestação de Miguel Veloso

• Miguel Veloso (2)
Transportou muito jogo pelo corredor central sempre que bateu Ferguson, o que não foi, diga-se, frequente. Tentou a meia-distância aos 29' e explorou o seu geométrico passe longo nas transposições para o ataque. Aos 60', começou a ver as meias-finais ao longe, ao hesitar numa entrada à bola, induzindo Gladstone em erro para Davis aproveitar, correr pela direita afora e solicitar Darcheville para o tento inaugural. Recuou para central aos 69'.    :: O Jogo

• Miguel Veloso (3)
Começou por ser protagonista, mas como nunca conseguiu profundidade nos passes, esmoreceu. Perdeu ritmo e foi o primeiro a falhar a intercepção no golo inaugural.   :: Record

• Miguel Veloso (4)
No lance do 0-1, ficou no diálogo do «vais tu ou vou eu?» com Gladstone, acabando por deixar o alívio para o brasileiro que, mais bem colocado, falhou a bola... O lance marcou-o pois, a partir de então, defensivamente, foi para esquecer. Antes, bem controlado por Ferguson, sentiu dificuldades para iniciar os ataques. Jogou os últimos 20 minutos a central.   :: A Bola

• Miguel Veloso
Durante a primeira parte, foi o jogador mais activo, de um meio-campo que se mostrou muito apático. O trinco foi o único elemento do losango a fazer a diferença. Recuperou jogo, passou a bola, desmarcou. O jovem leão fez o que lhe competia, mas não teve grande colaboração do trio - Moutinho, Romagnoli e Izmailov - que o acompanhou na ajuda aos dois jogadores mais avançados. Tentou o seu remate de longe e fez um passe para Moutinho, que quase resultou em golo, aos 41 minutos. Na segunda parte voltou a oferecer oportunidades de golo aos companheiros. No entanto, o lance do golo de Darcheville acabou por «manchar-lhe» a exibição, já que resultou de um desentendimento entre o «24» leonino e Gladstone.  :: Destaques do Maisfutebol



  


DECLARAÇÕES NO FINAL DO JOGO
Miguel Veloso lamenta que Sporting tenha reagido "um pouco tarde"

«Penso que tentamos fazer o nosso melhor, do primeiro ao último minuto, e tentar marcar, mas infelizmente não conseguimos. Nem sempre as equipas que jogam melhor acabam por vencer. O Sporting bem tentou, mas não conseguimos. O Rangers entrou bem, reagimos um pouco tarde. Quando o fizemos, ficámos sempre por cima, tentámos fazer tudo para marcar mas infelizmente isso não aconteceu.»

Fonte: MaisFutebol



publicado por Catarina às 16:14
link do post | comentar | favorito


Bem-vindo (a)! Este é um blog dedicado ao jovem médio do Sporting e da Selecção Nacional Miguel Veloso, que visa trazer as mais diversas informações acerca do jogador e do seu trabalho, além de, obviamente, homenageá-lo e demonstrar-lhe o nosso apoio, pelo que não tem qualquer ligação oficial com o jogador ou o Sporting Clube de Portugal.
O blog é mantido por mim, Catarina Ferreira, desde Abril de 2007 e está em constante actualização. Obrigada pela visita. :) Dúvidas, sugestões ou críticas? Envia-nos um e-mail.



Nome: Miguel Luís Pinto Veloso
D. Nascimento:
11/05/1986
Idade: 23 anos
Nacionalidade:
Portuguesa
Naturalidade:
Coimbra
Altura:
1,80 cm
Peso:
79 kg
Clube Actual:
Sporting Clube de Portugal
Nº da Camisola:
24
Posição:
Médio-defensivo
Clubes Anteriores:
SL Benfica, CAC Pontinha, Olivais e Moscavide
Internacionalizações sub-21:
13
Internacionalizações AA:
5
Total de internacionalizações: 69


SPORTING x Olhanense
Competição:Liga Sagres (5ª Jornada)
Data: 21/09/2009
Hora: 20.10h
Local: Estádio José Alvalade, Lisboa
Transmissão: Sport TV


FC Porto x SPORTING
Competição: Liga Sagres (6ª Jornada)
Data: 26/09/2009
Hora:19.15h
Local:Estádio do Dragão, Porto
Transmissão: r Sport TV



COMPETIÇÕES NACIONAIS


Campeonato Nacional da 2ª Divisão B Zona Sul
Época: 2005/06
Clube: Olivais e Moscavide


Taça de Portugal
Época: 2006/07
Clube: Sporting Clube de Portugal


Supertaça Cândido de Oliveira
Época: 2007/08
Clube: Sporting Clube de Portugal


Taça de Portugal
Época: 2007/08
Clube: Sporting Clube de Portugal

INTERNACIONAIS


Campeonato da Europa Sub-17
Ano: 2003
País anfitrião: Portugal


Clica aqui para visitar o nosso canal de vídeos, onde podes encontrar os golos, os lances, as declarações e os momentos mais marcantes do Miguel ao serviço do Sporting e das Selecções Nacionais.


Sporting x Boavista
11.05.2008
Estádio José Alvalade
Faixa exibida no jogo Sporting x Boavista, no dia em que Miguel Veloso completou 22 anos - uma data que não podia deixar de ser assinalada. A imprensa desportiva, nomeadamente os jornais Record (clica para ver) e O Jogo (clica para ver) deram destaque a este gesto nas edições do dia seguinte. (Clica aqui para ampliar)

Se gostavas que o teu blog/site figurasse nesta lista, envia-nos um e-mail! :)

Sporting Clube de Portugal
. Site Oficial
. Portal Sporting XXI
. Sporting 100
. Leão da Estrela
. Sporting PlanetaPortugal.com

Futebol
. Fed. Portuguesa de Futebol
. SJPF
. LP de Futebol Profissional
. UEFA

Parceiros
. Leandro Romagnoli Online
.
Gema D'Arte
. O Treinador de Bancada
. Bancada Sul
. Izmailov7
. Ruben Amorim
. Di María 20
. Simão Sabrosa
. Bónus Apostas
. Leão Rampante

Imprensa Desportiva
. Jornal "Record"
. Jornal "A Bola"
. Jornal "O Jogo"
. MaisFutebol
. Desporto10

Vê aqui os posts mais antigos:
. Abril 2007
. Maio 2007
. Junho 2007
. Julho 2007
. Agosto 2007
. Setembro 2007
. Outubro 2007
. Novembro 2007
. Dezembro 2007
. Janeiro 2008
. Fevereiro 2008
. Março 2008
. Abril 2008
. Maio 2008
. Junho 2008
. Julho 2008
. Agosto 2008
. Outubro 2008
.
Novembro 2008
.
Dezembro 2008
. Janeiro 2009
. Fevereiro 2009
. Março 2009
. Abril 2009
. Maio 2009
. Agosto 2009




Número de visitas
(desde 3 de Setembro de 2007)